Lua Nova Escorpião

Breves notas: Lua Nova a 23º de Escorpião 15 Novembro 5h 07 GMT Lisboa Sabian Symbol for 23º Scorpio Sabian Symbol: Crowds coming down the mountain to listen to one man. 233º MULTIDÕES DESCEM A MONTANHA PARA OUVIR UM HOMEM “O poder que ideias bem formuladas têm de se tornarem fatos reais. Inspiração prática; ou então incapacidade de enfrentar um desafio vital”.


Em cada Lua Nova há uma semente oculta que se vai desenvolvendo ao longo do ciclo de lunação. A semente de Escorpião fala-nos de intensidade e profundidade emocional, e potenciais de regeneração. Esta lunação está em aspeto de sextil à tripla conjunção de Júpiter/Saturno/Plutão em Capricórnio, arquétipos que intensificam atores e intervenientes ligados à 2ª vaga global de Covid 19. O bom senso e o medo dizem-nos que é necessário confinar e que não estamos preparados para lidar com o plano do invisível! Afinal mesmo com tanta ciência nunca percebemos muito bem em que é que consiste a morte?! Mas sim, é tempo de largarmos velhas ideias e conceitos sobre a forma como nos passaram o legado sócio cultural e as tradicionais imagens do político correto. Hoje a humanidade está convidada a passar pelo portal do Escorpião, onde as velhas utopias, visões e projeções irrealistas caem por terra! Porém, para sairmos do lodo e da lama em que nos atolamos, é necessário passarmos a ser guerreiros de Luz de forma a distinguirmos ao longo do caminho - o real das aparências!

Neste quadrante do planeta a batalha é mais interna, Vénus como estrela da manhã, reluz em cada madrugada anunciando no seu trono que a paz e a unificação é ainda possível.

Há que distinguir o caminho que é de cada um, com aquele que nos fala de desígnios sociais e coletivos que preenchem e invadem consecutivamente através dos media, o nosso dia-a-dia. De momento, há que confiar mais na nossa inteligência emocional, na capacidade de criarmos anti corpos, e aprender a descondicionar dos discursos abusivos e do não senso, criado pela sombra da conjunção de Júpiter/Plutão, expressos na linguagem social e política de muitos sofistas dos nossos dias. Como tal, muitos de nós não querem um povo/rebanho de seguidores!

Se é difícil distinguirmos o real do ilusório, é porque deixámos de saber conectar com o nosso sentir interno e iludimo-nos pelo jogo das aparências.

Nunca é tarde para voltarmos a reerguermos das cinzas do passado, em Escorpião há sempre um trabalho de Fénix a realizar. Voltaremos ao discurso do “renascimento” na próxima Lua-Cheia em Sagitário, até lá…

L. R 15-11-20






Featured Posts
Recent Posts